SÍMBOLOS MUNICIPAIS


BANDEIRA

(Lei Municipal nº 06 de 01/09/1976)

A Bandeira do Município de Estiva, de forma retangular com a maior dimensão no sentido horizontal, é desenhada na proporção de 14 (quatorze) módulos de altura por 20 (vinte) módulos de comprimento.
O campo retangular da bandeira é cortado em 3 (três) faixas horizontais, sendo a do meio (de cor azul) o dobro da faixa superior ou inferior, que são de cor branca.
No centro da faixa azul, no anverso e no reverso da bandeira, é representado um círculo branco, tangente aos traços do cortado, onde se figura o Brasão de Família dos Pereiras, em sua cor.
A proporção da Bandeira do Município de Estiva é idêntica à da Bandeira Nacional.
A tonalidade das cores é azul-celeste, para a faixa central, mais larga; branco-níveo, para as das faixas mais estreitas (superior e inferior), bem como para a cruz florenciada, vazia; e vermelho-vivo, para o escudo ?samnítico?.
Tanto no anverso como no reverso da Bandeira do Município de Estiva, os desenhos do emblema central (Brasão de Família dos Pereiras) devem ser idênticos. Assim, esta bandeira, em obediência às regras vexilológicas, terá avesso, isto é, as duas faces são perfeitamente iguais.
O azul-celeste e o branco-níveo, adotados na Bandeira de Estiva, lembram as cores originais das vestes de Maria santíssima, invocada sob o nome de Nossa Senhora Aparecida, que é a Padroeira do Município.
Em Heráldica, o azul (blau) é a cor simbólica de justiça, nobreza, perseverança, firmeza incorruptível, dignidade, vigilância, zelo, lealdade, formosura, perfeição; e o branco (ou prata) é o símbolo de paz, amizade, preza, inocência, beleza, felicidade, integridade, franqueza, equidade, verdade...


BRASÃO

(Lei Municipal nº 06 de 01/09/1976)

O Brasão de Armas do Município de Estiva compõe-se de um escudo de formato ?samnítico? ( o francês moderno), em metal ouro, como o chefe, cosido, em esmalte blau (azul), carregado de ma coroa, centrada, de doze estrelas de cinco pontas, em metal prata, dentro da qual se representa o tradicional monograna de AVE MARIA, em metal ouro. A s doze estrelas têm duas de suas pontas voltadas para o centro da coroa estelar.
No campo de ouro do escudo ?samnítico?, é figurado, em abismo, o Brasão de família dos Pereiras: escudo ?samnítico?, em esmalte goles (vermelho), carregado de uma cruz de prata, florenciada e vazia.
No contrachefe diminuto, cosido, em esmalte sinopla (verde), são representadas duas faixas estreitas, sinuosas, da mesma largura, em metal prata.
Timbrando o escudo e a tocá-lo, figura-se ma coroa mural, de cinco torres visíveis, em metal prata, com portões e janelas de sable (preto), privativa de Cidades que não são Capitais de Estados.
Como suportes: à destra, um ramo de arroz, granado: e à sinistra, um ramo de milho, espigado, ambos em sua cor, e passados em aspa, sob o escudo.
Num listel de blau (azul), com as pontas dobradas e terminadas em flâmula, brocante sobre os pés entrelaçados dos dois suportes, é gravado, em toda a sua extensão, o topônimo ESTIVA, em caracteres maiúsculas do tipo ?Franklin Gothic?, e em metal prata. Na ponta em flâmula, á destra, é gravada a abreviatura cronológica ?27-12-1948?; e, na ponta, à sinistra, outra abreviatura cronológica ?1º-1-1949?, ambas em metal prata.
Adotou-se o escudo de formato ?samnítico? (também chamado francês moderno), por ser o que mais se adapta às ?peças honoríficas?, permitindo melhor harmonia no conjunto e maior amplitude em sua execução.
O esmalte blau (azul), no chefe, lembra ma das cores originais das vestes da Virgem Santíssima, invocada sob o nome de Nossa Senhora Aparecida, que é Padroeira do Município de Estiva.
A coroa de doze estrelas de cinco pontas, em metal prata, circundando o monograma de AVE MARIA, simboliza a Virgem Mãe de deus, conforme a descrição bíblica, extraída do Cap.XII, do Apocalipse:
?Apareceu, em seguida, um grande sinal no céu: uma Senhora, revestida do sol, a lua debaixo dos pés, e na cabeça, uma coroa de doze estrelas...?
Adotou-se o metal ouro ? que é o mais nobre metal dos brasões ? no campo de escudo ?samnítico?, para representar simbolicamente a riqueza do solo do Município de Estiva.
Em Heráldica, o metal ouro é o símbolo de fé, amor, alegria, força, poder, nobreza, prosperidade, esplendor, glória, soberania, longevidade, solidez, constância, eternidade... (Guelfi, 291 e 396; Asêncio, 60; e Ronchetti,192).
O Brasão de Família, representado, em abismo, no campo de ouro do escudo,é dos PEREIRAS, e evoca os nomes dos fundadores do Município de Estiva: João Pereira dos Reis, Luís Pereira dos Reis, Antônia Pereira dos Reis, Joaquim Etelvino Pereira, José Ribeiro Pereira, José Teodoro Pereira, Francisco Ferreira Pereira e João Galdino Pereira.
Todos eles eram herdeiros da ?Fazenda de Estiva? (situada onde é hoje a Cidade de Estiva), os quais, de comum acordo, doaram essas terras (53 hectares), para o patrimônio de Nossa Senhora Aparecida de Estiva, conforme sentença do Juiz de Direito da Comarca de Pouso Alegre, Dr. Virgínio Henrique Costa, datada de 6 de fevereiro de 1855.
Simbologia das Peças Heráldicas e das cores do Brasão de Família dos Pereiras Diz-se cruz florenciada ? aquela cujos extremos terminam por flores-de-lis de pés cortados.
A cruz é vazia, quando tiver aberto, permitindo ver-se por ele o campo do escudo.
Emprega-se este termo especialmente às cruzes; e de pés cortados, quando faltam as três pétalas inferiores.
A flor-de-lis é a flor heráldica por excelência. É a mais nobre das flores. As flores-de-lis são muito freqüentes nos brasões de armas portugueses. É o símbolo de poder e soberania. (Guelfi, 293).
É o atributo simbólico da felicidade pública; é o símbolo de castidade, pureza, candura, virgindade... (Guelfi, 294: e Ronchetti, 450). O esmalte goles (vermelho) é o símbolo heráldico de caridade, audácia, valor, galhardia, nobreza conspícua, domínio, valentia, magnanimidade, intrepidez, vitória, honra... (Guelfi, 459; e Asêncio, 62).
O contrachefe diminuto, em esmalte sinopla (verde), lembra os extensos campos cultivados, as várzeas, ondulações, elevações e baixadas, que confinam com a sede do Município de Estiva.
O esmalte verde é a cor da esperança, e simboliza as plantações verdejantes na primavera, prenunciando copiosa, colheita.? (Guelfi, 576; e Crollalanza, 336).
O verde, em heráldica, é o símbolo de cortesia, civilidade, abundância, campo, posse... (Guelfi, 576; e Asêncio, 65).
As das faixas estreitas, sinuosas, em metal prata, representam simbolicamente os rios ?Três Irmãos? e ?Itaim?: o primeiro banha a Cidade de Estiva; e o segundo, o Município.
A coroa mural de cinco torres visíveis, representada em metal prata, com os portões e janelas de sable (preto), é privativa de Cidades ( não capitais).
Os dois suportes, representados por um ramo de arroz, granado, `a destra; e por um ramo de milho, espigado, à sinistra, representam simbolicamente as principais culturas agrícolas do Município de Estiva, conforme dados oficiais, obtidos no INCRA (1974).
No listel, em esmalte blau (azul), é gravado o topônimo ESTIVA, em metal prata. Na ponta em flâmula, à destra, a abreviatura cronológica ?27-12-1948? indica a data da criação do Município de Estiva, por força da Lei nº 336, publicada nesta data. E, na ponta em flâmula, à sinistra, a abreviatura cronológica ?1º - 1- 1949? indica a data de sua solene instalação.


Hino Oficial da cidade de Estiva

(Lei Municipal de 08/12/1999)


Letra e Música de Newton Alfredo Ribeiro de Noronha


I
Salve, Estiva,
Terra galante
Que mil Bandeirantes
Com gestos de amo,
Criando centenas
De vilas amenas,
Rasgaram distantes
Caminhos em flor.

Refrão
Teus campos, searas
Teus rios, tuas matas
São rios e fartas
Criações do Senhor.
Paisagem rebuça,
O Grã Carapuça
Se ergue altaneiro
No céu brasileiro.

Ainda nascente,
Já eras vergel
De povo valente
De fé sem labéu
Que à Virgem pretende
Erguer com ardor
Um templo ornado
De fé e de amor

II
E hoje tua gente
De fé renitente
Labuta contente
Na vila-cidade.
Eleva Estiva
No canto que canta,
Na vida que a Santa
Inspirou a levar.

III
Salve, Estiva,
Terra de cores
De grandes pendores
És Terra de bravos.
Erguida por gente
Que à luta empenharam
Pra ver-te liberta
Nas Minas Gerais.

IV
Salve, Estiva,
De imenso futuro.
Despertas amores
Nos teus habitantes
És Terra singela
Que a todos cativa,
Amar-te é tão fácil
Querida Estiva!

:: Home :: Links :: Localização :: Contato ::
© - 2006 - 2013 Direitos reservado à Prefeitura Municipal de Estiva-MG.
Web Master - Wellington S da Silva